Como definir as receitas do seu cardápio semanal caseiro

Ter um cardápio semanal caseiro é uma das melhores formas de se organizar para cozinhar mais vezes em casa e assim se alimentar muito melhor. O problema é que, ao precisar decidir novas receitas para preparar toda semana, o seu arsenal culinário pode se esgotar muito rápido.

Não demora muito para você começar a ficar sem ideias do que cozinhar podendo até desanimar com o tempo.

Se você encontra essa dificuldade ao definir o seu cardápio semanal caseiro, não precisa mais se preocupar. Neste texto, você vai descobrir algumas dicas simples para poder fazer isso de forma fácil. Continue a leitura para descobrir!

Consulte os cardápios anteriores

Uma boa forma de economizar tempo no planejamento da sua próxima semana, é conferir o que você já cozinhou nas semanas anteriores. Não deixe de armazenar esses cardápios, para você conseguir consultar depois.

Fazendo isso, fica mais fácil obter ideias do que preparar na semana atual. Não há necessidade de ter uma refeição completamente diferente da outra a cada dia do mês, não é mesmo?

Verifique datas comemorativas

Quando você for definir o cardápio semanal caseiro da próxima semana, não se esqueça de checar se não há alguma data comemorativa: aniversário, feriado, festa popular. Nestes dias especiais, você pode pensar em uma refeição temática ou algo mais elaborado para o homenageado.

Assim, você não é pego de calça curta no dia e também consegue fazer o momento se tornar mais especial.

Confira a sua despensa

Dar uma olhadinha no que você já tem em casa é algo que você não pode deixar de fazer. Isso vai te ajudar a aproveitar melhor os ingredientes que você já tem, além de evitar que faça compras desnecessárias.

Então, antes mesmo de começar a pensar em ideias de receitas, dê uma passada na despensa para ver o que você já tem. Você vai otimizar muito a sua lista de compras.

Tenha fontes confiáveis

Até mesmo os maiores chefs de cozinha do mundo uma hora podem ficar sem ideias, por isso é muito importante que você tenha sempre boas fontes para consultar.

Podem ser sites de receitas, programas de culinária e, claro, aquele caderninho da sua vó. O mais importante é que você tenha muitas opções! Assim, a sua rotina alimentar nunca fica repetitiva.

Defina o cardápio semanal caseiro por partes

Na hora de definir o seu cardápio semanal, divida as receitas em partes: salada, prato principal, prato base e guarnição. Essa é uma forma que os nutricionista usam para ter certeza de que cada refeição conta com todos os nutrientes necessários para uma vida saudável.

Outro benefício de fazer essa divisão é que você consegue variar ainda mais as suas refeições, já que ao substituir apenas o prato principal, por exemplo, e manter o resto, você já tem uma nova receita. Confira abaixo algumas dicas para definir cada uma dessas partes.

Salada

A salada é um prato muito versátil e saudável, além de muito fácil de preparar. Seus ingredientes incluem em sua maioria folhas, mas também podem englobar frutas, molhos e legumes. Assim, existe muito espaço para criatividade na hora de definir a salada.

Existe uma infinidade de formas e receitas de saladas por aí, mas se você quiser inventar a sua própria, não tem problema. Misture os ingredientes que você desejar, em busca de deixar o prato bastante colorido. Dessa forma, você estará garantindo o máximo de nutrientes para a sua salada.

Prato Principal

Há uma convenção de que o prato principal deve ser uma proteína. Pode ser carne, peixe, frango, a que você preferir, apenas busque variá-la sempre que possível. Se você for vegetariano, substitua a carne animal por outro ingrediente de alto valor proteico.

Prato Base

O Prato Base é chamado assim, porque é ele que fornece a maior parte da sustância de um prato. Por isso, normalmente consiste em um carboidrato: arroz, aipim, batata, quinoa, batata doce, grão de bico, entre outros. Nesse caso, apenas tome o cuidado de não misturar dois carboidratos muito calóricos, para o seu prato continuar saudável.

Guarnição

A Guarnição é aquele extra na comida. Se você percebeu que ficou faltando algum grupo alimentar ser contemplado na sua refeição ou quer adicionar mais textura ou cor ao prato, é para isso que serve a guarnição.

Pronto! Com essas dicas você já consegue definir as receitas do seu cardápio semanal caseiro.

Essa tarefa pode ser trabalhosa no começo, enquanto você ainda não tiver prática. Logo, tire um dia da semana mais tranquilo para você fazer esse planejamento. Com o tempo, o processo se torna mais automático.

Mas, se você não quiser ter todo esse trabalho, você pode usar o Cardápio Inteligente Home chefs. Com ele, você recebe um cardápio planejado por chefs e nutricionistas toda a semana, com receitas pensadas para serem feitas em até 30 minutos no máximo.

Transforme a sua relação com a cozinhar! Descubra agora tudo o que a Home Chefs pode lhe oferecer!

2019-02-20T09:01:00-03:00 20 de fevereiro, 2019|Blog|0 Comentários