Como não exagerar nos doces durante quarenta

As últimas semanas no Brasil tem sido de isolamento social quase completo. Muita gente não vê seus familiares e amigos há algumas semanas, passa a maior parte do tempo em casa e está sendo bombardeado por notícias desanimadoras.

Esse cenário pesado tem levado muitas pessoas a um estado de ansiedade, o que as fazem descontar na comida, principalmente nos doces. Os quitutes acabam se tornando um consolo para esse momento, porém os especialistas afirmam que estabelecer essa relação com a comida não é algo positivo.

Tornar a comida o seu prêmio, esvaziando a sua função principal que é a de nutrição, leva você ao exagero. Doenças, ganho de peso, mudanças de humor podem ser consequências diretas desse mau hábito. Por isso, o melhor a se fazer é se controlar. Confira abaixo algumas dicas para te ajudar nessa luta.

Diminua as porções

Você não precisa comer uma barra inteira de chocolate sozinho ou pacote de biscoito. Às vezes, bastaria apenas poucas unidades para matar aquela vontade mas você acaba comendo a mais, só por ter acesso.

Uma maneira de evitar isso é não comer junto da fonte. Tire algumas unidades do que você quer e vá para outro lugar. Não leve o pacote inteiro com você, porque isso vai te estimular a comer mais. Outra alternativa é você dividir com alguém.

Coma apenas em momentos pré definidos

Defina para você mesmo os momentos que você pode comer doce. Não vale roubar colocando “todos”. Defina um ou dois momentos, que sejam após as refeições por exemplo, para você se deliciar. Assim, você já condiciona a sua mente para aquele momento. Isso vai até tornar a sua experiência mais saborosa, porque esse será um momento esperado.

Se desligue um pouco das notícias

É bom se manter informado, porém não fique o tempo todo assistindo jornais ou lendo sobre o assunto na internet. Isso só vai agravar o seu sentimento de ansiedade e dar mais vontade ainda de comer doce.

Desligue a Tv, se desconecte das mídias sociais por um tempo e arranje uma atividade para distrair a mente. De preferência algo que exija a sua atenção por completo, como cozinhar, por exemplo.

Faça atividades físicas

Um dos exemplos do que você pode fazer para se distrair são as atividade físicas. Elas lhe pedem um foco total na realização dos exercícios, além de estimular a liberação de substâncias que geram relaxamento ao corpo. Isso auxilia na redução da ansiedade e por consequência a vontade de comer doces.

Durma bem

Ter uma rotina de sono desregrada é péssimo para o seu organismo em muitos sentidos. É durante o sono que o seu corpo se “recupera” e produz diversos hormônios. Alguns deles estão inclusive ligados diretamente a alimentação, como a leptina que é responsável pela saciedade.

Além disso, dormir pouco também influencia no humor. As pessoas ficam mais estressadas e ansiosas, o que as torna mais propensas a descontar na comida. O ideal é seguir a orientação clássica de dormir de 6 a 8 horas por noite, para conseguir um bom sono reparador e evitar tudo isso.

Como foi possível perceber, embora seja tentador, se lançar nos doces a todo momento não é algo positivo. Seguindo essas dicas, você conseguirá evitar o exagero mas sem privar desse prazer, de vez em quando.

Uma última dica extra para evitar os doces é manter uma alimentação equilibrada. Quando há falta de algum nutriente, isso também pode desencadear ansiedade, que gera essa vontade por doces. Mas, como manter uma alimentação equilibrada por conta própria não é uma coisa simples, queremos te ajudar. Conheça a plataforma Home Chefs! Por meio dela, você recebe cardápios personalizados aos seus gostos e necessidades nutricionais, além da lista de compras com tudo o que precisa. Dessa forma, fica muito fácil se organizar para comer melhor todo dia.

Quer receber um planejamento alimentar completo e personalizado aos seus gostos? Então, confira a plataforma Home Chefs.

2020-04-14T19:23:27-03:00 0 Comentários